quarta-feira, 22 de julho de 2009

Psicologia Forense


"...A psicologia forense ou judiciária é um campo da psicologia que consiste na aplicação dos conhecimentos psicológicos aos propósitos do direito. Dedica-se à protecção da sociedade e à defesa dos direitos do cidadão, da perspectiva psicológica. Enquanto que a psicologia é o estudo do comportamento humano e animal, o termo forense refere-se, num sentido restrito, às situações que se apresentam nos tribunais. Deste modo, a psicologia forense são todos os casos psicológicos, que são levados a tribunal.

O psicólogo que exerce actividade nesta área deve ser um perito na sua própria especialidade, isto é, antes de mais deve possuir e dominar os conhecimentos necessários da psicologia em si, para depois dominar os conhecimentos referentes às leis civis (que dizem respeito aos direitos e deveres de um cidadão para com os outros) e às leis criminais (que dizem respeito às ofensas que um indivíduo possa cometer para com os outros ou para com o Estado).

A psicologia criminal é o ramo da psicologia que se dedica ao estudo do comportamento criminoso. Ela tenta descobrir a história pessoal do indivíduo criminoso e todo o conjunto de processos psicológicos que o conduziram à criminalidade..."




Cada vez mais me apaixono por este área. Tirando apenas aquela parte em que se tem que saber as leis todas civis :s

Vamos continuar no caminho certo para lá chegar! :D



Wish me luck!

1 comentário:

  1. em todas as profissões há uma parte mais chata! :) se gostas, porque não?

    ResponderEliminar